27 de out de 2008

Campanha de vacinação contra a rubéola

A Escola Estadual São Vicente de Paula, se transformou em posto de vacinação da campanha Brasil Livre da Rubéola, promovida pelo Ministério de Saúde com o apoio das Secretarias Municipais de Saúde de todo o País.



A vacinação, aberta aos alunos, aconteceu na sala da corrdenação e foram vacinados alunos e profissionais da educação com idade entre 12 e 39 anos – mesmo os que já haviam se vacinado no ano passado ou tido rubéola anteriormente.





É bom lembrar que a rubéola é provocada por vírus e pode se tornar uma doença muito grave quando atinge mulheres grávidas, causando diversos problemas congênitos no bebes e até o aborto da criança.



23 de out de 2008

Projeto "Diga não a Corrupção

A “Escola Estadual São Vicente de Paula”, trabalha com temas voltados para a construção da ética e cidadania em todas as disciplinas da sua matriz curricular. Em 2007, realizou o primeiro Fórum de Ética e Cidadania na cidade de Sinop-MT, envolvendo não somente os alunos e sim vários segmentos da sociedade, demonstrando sua atuação como escola cidadã, comprometida com a formação crítica e o futuro de seus alunos. Assim, a escolha do tema pelo Ministério Público para este concurso de redação, representou, para a escola, mais uma oportunidade de discussão e reflexão sobre o papel de cada cidadão na construção de uma sociedade menos corrupta e mais digna da grandeza do povo que a constitui.


O primeiro passo foi a apresentação da proposta aos professores de Ensino Fundamental e Médio, direcionando para os professores de Língua Portuguesa, Sociologia, Filosofia e História.





Nas aulas de Língua Portuguesa, a professora selecionou matérias que vão desde mensagens montadas no PowerPoint a artigos de grandes nomes como, por exemplo, Arnaldo Jabor, também poemas, notícias,charges para problematização do tema. Realizaram-se algumas dramatizações configurando os diferentes segmentos e modalidades em que a corrupção se manifesta na sociedade.





Nas aulas de Filosofia e Sociologia, o tema corrupção foi abordado utilizando o material enviado pelo Ministério Público e entregue pelo CEFAPRO. Os alunos montaram seminários esclarecendo aos demais colegas sobre as diferentes áreas em que a corrupção ocorre, como na questão ambiental – ponto de referência de nossa região-, na escola, local onde permanecem por pelo menos um período( e donde se conclui a relevância em discutir esses temas e contribuir na sua formação), em suas casas, bairro, família...




Pela importância do tema no momento (eleições) e, aceitação do tema pelos alunos, a escola decidiu levar para a avenida no desfile cívico de sete de setembro, o conteúdo trabalhado sobre corrupção. Foram apresentadas, durante o desfile, duas esquetes demonstrando duas formas de corrupção; uma na segurança pública e outra na política. Esta última recebeu convite do cartório eleitoral, através do Juiz da 22ª Zona Eleitoral de Sinop-MT, para ser apresentada na audiência pública sobre as eleições 2008.

Durante o desfile, os alunos se apresentaram com camisetas alusivas ao tema, o que proporcionou à população presente grande satisfação e identificação com o tema, pois durante o trajeto foram muito aplaudidos, a população exclamava frases de incentivo e concordância, despertando nos alunos ainda mais orgulho em  “dizer não à corrupção”.















E para concluir este trabalho grandioso, solicitamos ao presidente da OAB de Sinop, Dr. Elpídio Moretti, a possibilidade de designar o Dr. Felipe Guerra, representante da Comissão de  “Direitos Humanos”desta instituição  para realizar uma palestra sobre o tema corrupção aos alunos envolvidos no projeto.









Nesta oportunidade, tivemos a presença da TV Centro América para registrar os trabalhos, ouvindo nossos alunos, o palestrante e a coordenadora pedagógica.





Após este ciclo de atividades, deu-se início a produção das redações com a pergunta-tema:O que você tem a ver com a corrupção? Salientando que todos os alunos participantes realizaram a produção das redações no mesmo dia e horário (10 de setembro, das 09h15min h às 11h). Em seguida ao desenvolvimento do texto, ocorreu a correção dos mesmos e a seleção aconteceu com a participação dos professores que ministram aulas nas categorias participantes.




Partindo da frase de Mahatma Gandhi, grande líder espiritual e político, “Você deve ser a mudança que deseja ver no mundo” entendemos que devemos fazer a nossa parte, educar nossos filhos e ensinar com vivências a cidadania aos nossos alunos. Isto sim é ser escola.

     

22 de out de 2008

Fotos I Eco Trilha

Escola da Vida

Ensino...

Não é só caderno, livros e canetas.

Ensino pode ser...

O professor mostrar que isso não fica apenas em sala de aula

O ensino pode estar...

Em um trabalho feito fora de uma sala de aula

Quando um aluno aprende que seu mundo não fica apenas no seu quarto

Quando estando fora de uma sala de aula, aprende dividir o que tem e percebe que isto não faz falta.

Quando estando fora de quatros paredes do ambiente escolar, percebe que o professor é igual a ele e que não esta livre dos tombos da vida, e que ao cair, levanta e continua sua vida.

É fundamental uma sala de aula; porém é imprescindível mostrar ao aluno que a vida é uma escola, e esta, tem muito a ensinar.



Profª Dhiane Sheila